TOM FARIAS

É jornalista, escritor, biógrafo e crítico literário, com especialização em literatura do final do século 19. É autor, brasileiro, de diversos livros e artigos, inicialmente publicados com seu próprio nome – Uelinton Farias Alves. Mais tarde, adotou o nome literário TOM FARIAS.

Dedica-se à pesquisa sobre personalidades negras brasileiras, organizando biografias, proferindo palestras, dando entrevistas, de modo a atribuir ou recuperar a relevância histórica e literária dessas personagens, como Cruz e Sousa, José do Patrocínio e Carolina de Jesus.

Colabora também com vários jornais, escrevendo resenhas e crítica literária sobre escritores africanos e afrodescendentes, e com revistas literárias onde contribui com ensaios. É autor do posfácio “Martinho, um artesão”, no livro de Martinho da Vila, 2018, Crônicas de um ano atípico, lançado em 2019.

Tom Farias tem papel de destaque em ações que fortalecem o intercâmbio sociocultural entre os países de língua portuguesa. Como reconhecimento de sua atuação cultural, social e literária, recebeu vários prêmios e condecorações.

OBRAS DA KAPULANA

OUTRAS PUBLICAÇÕES

  • 1987 – O abolicionista Cruz e Sousa.
  • 1990 – Reencontro com Cruz e Sousa.
  • 1996 – Cruz e Sousa, poemas inéditos.
  • 2001 – Os crimes do Rio Vermelho.
  • 2008 – Cruz e Sousa: O Dante Negro do Brasil.
  • 2008 – Oscar Rosas: poesia /conto/crônica.
  • 2009 – José do Patrocínio, a imorredoura cor de bronze.
  • 2018 – Carolina, uma biografia.

PRÊMIOS E CONDECORAÇÕES

  • 1991 – Prêmio Silvio Romero de Crítica e História Literária, da Academia Brasileira de Letras. (pela obra Reencontro com Cruz e Sousa, 1990.)
  • 1998 – Medalha de Honra ao Mérito, pelo Governo de Santa Catarina.
  • 2009 – Finalista da 51ª ed. do Prêmio Jabuti, categoria “Melhor Biografia”, com o livro Cruz e Sousa, o Dante Negro do Brasil.
  • 2018 – Prêmio Carolina Maria de Jesus, conferido pela FLUP (Festa Literária das Periferias – RJ).
  • 2019 – Finalista da 61ª ed. do Prêmio Jabuti, categoria  “Biografia, Documentário e Reportagem”, com o livro Carolina: uma biografia.