Vozes da África


Série VOZES DA ÁFRICA

A série “Vozes da África” nasceu de um projeto da Editora Kapulana para divulgar a literatura africana no Brasil. Com esse propósito, a fundadora da editora brasileira, que é doutora em Literatura e teve experiência como docente em Moçambique, passou a coordenar, a partir de 2015, a publicação de livros de origem africana. A série é composta por obras de ficção dedicadas ao público infantojuvenil e ao público adulto. Nos dois segmentos, há livros de contos e de poesia. O primeiro título da série “Vozes da África” foi Kalimba, uma história para o público infantil, de autoria da escritora angolana Maria Celestina Fernandes, com ilustrações da brasileira Brunna Mancuso. A primeira obra para o público adulto foi a coletânea de contos O domador de burros e outros contos, do moçambicano Aldino Muianga, escritor de renome internacional. Outras obras de reconhecida qualidade compõem essa série. E outras mais estão em projeto.


2017-03-28_CAPA-THB_allv.indd

A triste história de Barcolino, o homem que não sabia morrer, de Lucílio Manjate

Autor: Lucílio Manjate
Ilustrador: Amanda de Azevedo
Idioma: Português (de Moçambique)
Série: Vozes da África – Moçambique
ISBN: 978-85-68846-24-7

Brochura 15 x 21 cm
76 p.
2017

Literatura africana de língua portuguesa. A triste história de Barcolino, o homem que não sabia morrer, do premiado escritor moçambicano Lucílio Manjate, é uma novela emocionante sobre um pescador que desaparece nas águas do Índico e retorna, inesperadamente, à sua comunidade, assombrando a todos. Ninguém sabe se ele é um morto disfarçado de vivo ou um vivo que se faz de morto.  Entre a praia da Costa do Sol e o Bairro dos Pescadores, na zona costeira de Maputo, em Moçambique, personagens complexas vivem em um mundo em que sonho e realidade, vida e morte se misturam.

Ilustrações: A brasileira Amanda de Azevedo criou para este livro moçambicano a capa e delicadas vinhetas que valorizam ainda mais o precioso texto.

Leia algumas páginas Comprar

9788568846230-MB

Mesmos barcos ou poemas de revisitação do corpo, de Sangare Okapi

Autor: Sangare Okapi
Ilustradora: Amanda de Azevedo
Idioma: Português (de Moçambique)
Série: Vozes da África – Moçambique
ISBN: 978-85-68846-23-0
Brochura 15 x 21 cm
108 p.
2017

Literatura africana de língua portuguesa. Mesmos barcos ou poemas de revisitação do corpo, de Sangare Okapi, é um conjunto poético emocionante, organizado em três partes, cada uma delas com poemas com ideias distintas. O autor apresenta, de maneira brilhante, temáticas sobre a mulher e o corpo, como o erotismo e a valorização da presença feminina. Dirige também seu olhar para a Ilha de Moçambique, lugar de valor primordial na história do país, além de fazer referências a diversos outros autores, possíveis influências literárias.

Ilustrações: A brasileira Amanda de Azevedo criou para este livro moçambicano a capa e delicadas vinhetas que valorizam ainda mais o precioso texto.

Leia algumas páginas Comprar

9788568846223-OCM

O cão na margem, de Luís Carlos Patraquim

Autor: Luís Carlos Patraquim
Ilustradora: Amanda de Azevedo
Idioma: Português (de Moçambique)
Série: Vozes da África – Moçambique
ISBN: 978-85-68846-22-3
Brochura    17 x 21 cm
96 p.
2017

Literatura africana de língua portuguesa. O cão na margem, mais uma obra da série Vozes da África, traz poemas de Luís Carlos Patraquim que levam o leitor a visitar Moçambique. Nos três conjuntos de poemas – “O cão na margem”, “Omuhípiti” e “O escuro anterior”, o renomado escritor nos transporta para uma dimensão ao mesmo tempo mística e real. A edição conta com prefácio da pesquisadora Cíntia Machado.

Ilustrações: A brasileira Amanda de Azevedo criou para este livro moçambicano a capa e delicadas vinhetas que valorizam ainda mais o precioso texto.

Leia algumas páginas Comprar

9788568846209-ol

Orgia dos loucos, de Ungulani Ba Ka Khosa

Autor: Ungulani Ba Ka Khosa
Ilustradora: Mariana Fujisawa
Idioma: Português (de Moçambique)
Série: Vozes da África – Moçambique
ISBN: 978-85-68846-20-9
Brochura 15 x 21 cm
112 p.
2016

Literatura africana de língua portuguesa. Orgia dos Loucos é composto por nove contos que retratam aspectos de um momento da realidade moçambicana, como a seca, a fome, o aparecimento dos novos costumes, a discrepância entre campo e cidade, bem como a repressão policial e o desencanto entre a população .O livro foi publicado pela primeira vez em 1990 em Moçambique. A editora Kapulana tem também em seu catálogo uma obra infantil do mesmo autor, O rei mocho.

Ilustrações: Mariana Fujisawa fotografou de recortes de papeis sobrepostos, em tons de branco, preto e cinza de diferentes texturas. Os papeis foram talhados e fotografados, com incidência do sol, e sobrepostos sem colagem ou pintura.

Leia algumas páginas Comprar

9788568846179-sn

Sangue negro, de Noémia de Sousa

Autora: Noémia de Sousa
Ilustradora: Mariana Fujisawa
Idioma: Português (de Moçambique)
Série: Vozes da África – Moçambique

ISBN: 978-85-68846-17-9
Brochura 16,5 x 23,5 cm
200 p.
2016

Literatura africana de língua portuguesa. Poesia moçambicana. Carolina Noémia Abranches de Sousa, NOÉMIA DE SOUSA, nasceu em 1926, em Catembe, litoral sul de Moçambique, e faleceu em 2002, em Cascais, Portugal. Por sua influência nas gerações de poetas de Moçambique, ficou conhecida como “Mãe dos poetas moçambicanos”. É autora de densa obra poética, que representa a resistência da mulher africana. Seu único livro, Sangue negro, é composto por 49 poemas , escritos entre 1948 e 1951. A edição brasileira da Editora Kapulana (2016) mantém a estrutura original das edições moçambicanas (2001 e 2011) com as seguintes seções: “Nossa Voz”, “Biografia”, “Munhuana 1951”, “Livro de João”, “Sangue Negro” e “Dispersos”. A presente edição conta ainda com magníficas ilustrações da brasileira Mariana Fujisawa, capa de Amanda de Azevedo, prefácio da Profa. Dra. Carmen Tindó , estudos de Fátima Mendonça, Francisco Noa e Nelson Saúte, além de depoimentos de amigos, companheiros, leitores apaixonados pela obra de Noémia de Sousa.

Ilustrações: Mariana Fujisawa usou aquarela preta e nanquim (pincel) sobre papel. Para representar melhor o próprio estilo dos poemas, as ilustrações foram feitas mais livremente, com menos contornos definidos e muitas manchas. Os retratos da Noémia foram feitos em um estilo parecido com as ilustrações de O regresso do morto, de Suleiman Cassamo, mas com manchas de aquarela para sombreamento. Os abres de cada livro preencheram uma página inteira, de modo que várias camadas de tinta foram necessárias para dar profundidade. 

Leia algumas páginas Comprar

9788568846155-NK

A noiva de Kebera, contos, de Aldino Muianga

Autor: Aldino Muianga
Ilustrador: Dan Arsky
Idioma: Português (de Moçambique)
Série: Vozes da África – Moçambique
ISBN: 978-85-68846-15-5
Brochura 15 x 21 cm
164 p.
2016

Literatura africana de língua portuguesa. A noiva de Kebera, contos do escritor moçambicano Aldino Muianga, é uma coletânea de seis histórias que apresentam sentimentos e relações humanas do povo moçambicano. O autor retrata situações vividas principalmente por personagens desfavorecidas – mulheres, crianças, trabalhadores – nos períodos pré-colonial, colonial e pós-independência de Moçambique, na capital Maputo e seus arredores. A edição brasileira conta com um glossário, do próprio autor, e de ilustrações do brasileiro Dan Arsky.

Ilustrações: O ilustrador Dan Arsky usou pincéis digitais para remeter a texturas e tons de Moçambique, e as pinturas foram feitas no Photoshop.  Fez, também, estudos de contexto social e ambiental para adequar as ilustrações ao local a que se remetem os contos. 

Leia algumas páginas Comprar

o-jovem-cacador_001

O jovem caçador e a velha dentuça, de Lucílio Manjate

Autor: Lucílio Manjate
Ilustradora: Brunna Mancuso
Idioma: Português (do Brasil)
Série: Vozes da África
ISBN: 978-85-68846-16-2
Brochura    21 x 21 cm
32 p.
2016

Livro infantil africano. Lucílio Manjate, escritor moçambicano, nos presenteia com uma surpreendente história que lhe foi contada por sua mãe quando ele era criança: O jovem caçador e a velha dentuça. Nesse conto africano, o jovem caçador enfrenta uma forte adversária, detentora de poderes mágicos: a velha dentuça, guardiã da floresta! Para enfrentá-la, o jovem conta com a ajuda de três cães fiéis: Dumba, Luma e Kula.

Ilustrações: O livro do moçambicano Lucílio Manjate foi ilustrado pela brasileira Brunna Mancuso por meio de ilustração digital. A partir do texto, do conceito e da troca de informações com o autor, foram feitos desenhos de rascunho a fim de explorar a narrativa da história de forma solta e lúdica, pensando sempre num roteiro bem amarrado, que complementasse a história com cores e formas. Com esses esboços aprovados, as ilustrações foram finalizadas no Photoshop, de forma digital.

Leia algumas páginas Comprar

Outras-coisas_001

Outras coisas – Contos, de Clemente Bata

Autor: Clemente Bata
Ilustradora: Brunna Mancuso
Idioma: Português (de Moçambique)
Série: Vozes da África – Moçambique
ISBN: 978-85-68846-12-4
Brochura 15 x 21 cm
132 p.
2016

Literatura africana de língua portuguesa. Clemente Bata vive em Maputo, capital de Moçambique onde nasceu em 1967. Nos doze contos de Outras coisas, o leitor tem contato com o fantástico, o inusitado e o lúdico. Clemente Bata nos apresenta com esmero e vigor  várias situações do meio em que vive, unindo temáticas diversas como o amor, o alcoolismo, os crimes, a violência doméstica, entre outras. Nesses instigantes contos africanos, temos a junção de espaços físicos onde são retratadas, de maneira sutil e comovente, as desordens das relações humanas.

Ilustrações: Brunna Mancuso, ilustradora brasileira, conversa com o texto do moçambicano Clemente Bata por meio da ilustração digital. A partir do texto e do conceito, foram feitos desenhos de rascunho a fim de explorar a narrativa da história de forma solta e lúdica, pensando sempre num roteiro bem amarrado, que complementasse as histórias e as tornassem mais interessantes. Com esses esboços aprovados, as ilustrações foram finalizadas no Photoshop, de forma digital.

Leia algumas páginas Comprar

O-regresso-do-morto_000

O regresso do morto – Contos, de Suleiman Cassamo

Autor: Suleiman Cassamo
Ilustradora: Mariana Fujisawa
Idioma: Português (de Moçambique)
Série: Vozes da África – Moçambique
ISBN: 978-85-68846-11-7
Brochura 15 x 21 cm
96 p.
2016

Literatura africana de língua portuguesa. O regresso do morto, do premiado escritor moçambicano Suleiman Cassamo é uma coletânea de dez contos em que o autor apresenta um quadro das contradições sociais e culturais vividas pelos excluídos e explorados trabalhadores das minas, crianças, idosos e, em especial, as mulheres de Moçambique. Suleiman Cassamo presta uma homenagem comovente aos marginalizados sociais representados por personagens sofridas e resistentes como Ngilina, Laurinda, Nyeleti, Madalena, Jandina, Velina, Moisés, Djimo, Lucas e os Josés. E ainda nos comove com os companheiros dos homens, o morto que regressa, o burro de carga e o cão Bobi.

Ilustrações: Mariana Fujisawa usou Nanquim sobre papel com técnica de hachuras com caneta nanquim descartável com ao menos uma seção de hachuras verticais feitas a régua, criando profundidade e uma seção completamente branca, apenas com contorno e sem hachuras.

Leia algumas páginas Comprar

2015-11-17_VMGP_capa1

Viagem pelo mundo num grão de pólen e outros poemas, de Pedro Pereira Lopes

Autor: Pedro Pereira Lopes
Ilustradora: Filipa Pontes
Idioma: Português (do Brasil)
Série: Vozes da África – Moçambique
ISBN: 978-85-68846-08-7
Brochura    23 x 23 cm
40 p.
2015

Literatura infantil africana de língua portuguesa. Em Viagem pelo mundo num grão de pólen e outros poemas, o escritor moçambicano Pedro Pereira Lopes cria poemas fantásticos que transportam as crianças para um universo mágico. Nessa viagem por meio de palavras e de ilustrações , as crianças podem conviver com personagens incríveis, simpáticos animais, estranhos objetos e delicados elementos da natureza!

Nesse livro infantil de Moçambique, o escritor moçambicano Pedro Pereira Lopes cria poemas fantásticos que transportam as crianças para um universo mágico. Nessa viagem por meio de versos as crianças podem conviver com personagens incríveis, simpáticos animais, estranhos objetos e delicados elementos da natureza!

 Ilustrações: Filipa Pontes, portuguesa, ilustra com graça e ritmo os poemas musicais do moçambicano Pedro Pereira Lopes. São desenhos feitos em caneta de feltro e caneta de gel. O esboço é feito a lápis e a cor aplicada sobre o esboço. Algumas imagens são depois melhoradas digitalmente.

Leia algumas páginas Comprar