Contos de Moçambique


Série CONTOS DE MOÇAMBIQUE

A série “Contos de Moçambique” nasceu de um projeto de colaboração entre a “Escola Portuguesa de Moçambique” e a “Fundació Contes pel Món”, de Barcelona, Espanha.

Em 2015, a Editora Kapulana fez uma parceria com a “Escola Portuguesa de Moçambique” para publicar no Brasil essa magnífica coleção, com o objetivo de apresentar ao leitor brasileiro uma amostra da cultura moçambicana.

A série é composta por dez volumes de contos da tradição oral de Moçambique. São histórias recontadas por renomados escritores e ilustradas por artistas de diversas expressões, como pintura, desenho, escultura, batique e artesanato com materiais diversos.

O primeiro volume, “O rei mocho”, com texto de Ungulani Ba Ka Khosa e ilustrações em batique de Americo Mavale, foi lançado no Brasil em 5 de março de 2016. O volume 2, As armadilhas da floresta, de Hélder Faife, e o volume 3, A viagem, de Tatiana Pinto, também foram publicados em 2016. Em 2017, o volume 4 da série, O casamento misterioso de Mwidja, de Alexandre Dunduro, foi lançado em março. Os volumes 5 e 6 já estão programados para 2017.

A Editora Kapulana e a Escola Portuguesa de Moçambique decidem em conjunto a sequência dos volumes a serem publicados.


9788568846261-KNV

Kanova e o segredo da caveira, de Pedro Pereira Lopes

Autor: Pedro Pereira Lopes
Ilustradores: Walter Zand
Idioma: Português (do Brasil)
Série: Contos de Moçambique – v. 5
ISBN: 978-85-68846-26-1
Brochura    21 x 21 cm
32 p.
2017

Kanova e o segredo da caveira, do moçambicano Pedro Pereira Lopes, é o quinto volume da edição brasileira de “Contos de Moçambique”, composta por contos da tradição oral moçambicana. É a história do vaidoso mambo de Mopeia, líder da aldeia, que não está mais contente com as coroas que tem em seu guarda-roupa! O mambo envia todos os meninos do reino com mais de dez anos de idade para encontrar materiais para a confecção de uma nova coroa. Entre os meninos está Kanova, que, com a ajuda de uma caveira falante encontrada pelo caminho, passa por aventuras na busca de materiais dignos de uma coroa para o mambo.

Ilustrações: Walter Zand, artista moçambicano, ilustra majestosamente essa narrativa misteriosa com pintura digital. Suas ilustrações são bastante coloridas e com texturas que aproximam o leitor dessa história africana.

Leia algumas páginas Comprar

9788568846216-CMM

O casamento misterioso de Mwidja, de Alexandre Dunduro

Autor: Alexandre Dunduro
Ilustradores: Orlando Mondlane e Luís Cardoso
Idioma: Português (do Brasil)
Série: Contos de Moçambique – v. 4
ISBN: 978-85-68846-21-6
Brochura    21 x 21 cm
36 p.
2017

Livro infantil de literatura africana. O casamento misterioso de Mwidja é o quarto volume da edição brasileira de “Contos de Moçambique”, composta por contos da tradição oral moçambicana. O livro narra a intrigante história de Mwidja e seu irmão Zwiro, também melhores amigos, que passam por uma perigosa aventura e contam com a ajuda de seu amigo flamingo para encontrarem o caminho de volta para casa. 

Ilustrações: Luís Cardoso, artista plástico moçambicano, faz uso de várias técnicas como o desenho, a fotografia e a ilustração digital, para dar vida aos bonecos do artesão Orlando Mondlane, feitos com missangas, artesanato típico de várias regiões de Moçambique.

Leia algumas páginas Comprar

2016-06-29_capa_a-viagem-final_final-rgb

A viagem, de Tatiana Pinto

Autora: Tatiana Pinto
Ilustradores: Tomás Armando Muchanga e Luís Cardoso
Idioma: Português (do Brasil)
Série: Contos de Moçambique – v. 3
ISBN: 978-85-68846-19-3
Brochura    21 x 21 cm
40 p.
2016

Livro infantil de literatura africana. Esse é o terceiro volume da série “Contos de Moçambique”, composta por contos resgatados da tradição oral moçambicana. Masud e Wimbo tinham dois filhos, Agot e Mbuio, e uma filha, Inaya. Inaya é uma jovem corajosa que deseja ter o mesmo tratamento que seus dois irmãos. A moça sai de sua aldeia para salvá-los em outra cidade. Durante seu caminho, enfrentará desafios e situações perigosas, que lhe mostrarão sua força. Porém, sofrerá por ser mulher até conseguir mostrar seu valor e espírito de justiça.

Ilustrações:  Luís Cardoso, artista plástico moçambicano, faz uso de várias técnicas como o desenho, a fotografia e a ilustração digital, para dar vida aos bonecos do artesão Tomás Muchanga, feitos com arame, palha de milho e capulanas, tecido típico de Moçambique.

Leia algumas páginas Comprar

9788568846131

As armadilhas da floresta, de Hélder Faife

Autor: Hélder Faife
Ilustrador: Mauro Manhiça
Idioma: Português (do Brasil)
Série: Contos de Moçambique – v. 2
ISBN: 978-85-68846-13-1
Brochura    21 x 21 cm
32 p.
2016

Livro infantil africano. Esse é o segundo volume da série “Contos de Moçambique”, composta por contos resgatados da tradição oral moçambicana. Nesse conto africano, homem e leão disputam a liderança na floresta. Cada um faz uso de artimanhas para vencer o outro até que a disputa é solucionada, de maneira inesperada, com a participação de outro animal, o rato.

Ilustrações: Mauro Manhiça, artista moçambicano, ilustra majestosamente essa história com desenhos digitais que dão vida às personagens. Suas ilustrações são bastante coloridas e com texturas que aproximam o leitor da vida na selva.

Leia algumas páginas Comprar

O-rei-mocho_001

O rei mocho, de Ungulani Ba Ka Khosa

Autor: Ungulani Ba Ka Khosa
Ilustrador: Americo A. Mavale
Idioma: Português (do Brasil)
Série: Contos de Moçambique – v. 1
ISBN: 978-85-68846-10-0

Brochura    21 x 21 cm
28 p.
2016

Livro infantil africano. Naqueles tempos, os pássaros precisavam de um chefe para protegê-los das maldades do tempo e guiá-los em suas tarefas. O escolhido foi o mocho, por causa dos chifres que tinha na cabeça. Até que o homem resolveu intervir, e descobriu a verdade que o mocho tanto temia.O Rei Mocho, primeiro volume da série “Contos de Moçambique”, é uma história curiosa e fascinante, baseada em um conto moçambicano, em que um pai mostra para seu filho como as mentiras e a desordem surgiram no mundo.

Ilustrações: Américo Mavale ilustrou o livro a partir de peças em batique craquelê, que é o mais famoso de Moçambique, com reconhecimento internacional no mundo das artes. As peças em batique de Moçambique não só reproduzem objetos e personagens, como também expressam cenas da cultura e da história moçambicana.

Leia algumas páginas Comprar