Publicado em

Editora Kapulana anuncia os próximos lançamentos de 2022! Obras de Angola e Moçambique

Em maio de 2022, a Kapulana oferece ao leitor brasileiro três obras de escritores de ANGOLA e MOÇAMBIQUE – Pepetela, Lucílio Manjate e João Paulo Borges Coelho

Em maio de 2022, durante a IV Feira do Livro da Unesp, a Editora Kapulana lançará 3 livros de escritores africanos de língua portuguesa, todos da série “Vozes da África”:

  • RABHIA, do moçambicano LUCÍLIO MANJATE
  • JAIME BUNDA, AGENTE SECRETO, do angolano PEPETELA
  • MUSEU DA REVOLUÇÃO, do moçambicano JOÃO PAULO BORGES COELHO

[1] RABHIA, DO MOÇAMBICANO LUCÍLIO MANJATE: https://www.kapulana.com.br/produto/rabhia/

A história começa com a descoberta do corpo de Rabhia, uma prostituta. Quem vai investigar o crime é Sthoe, detetive excêntrico que já atuou em outros livros de Lucílio Manjate. A trama parece simples, comum, semelhante à maior parte das histórias policiais. No entanto, somente a partir dos relatos de testemunhas e investigadores, é que o retrato de Rabhia é construído, ao mesmo tempo que o da cidade de Maputo, capital de Moçambique.

Rabhia é o 3º livro de Lucílio Manjate que a Kapulana lança no Brasil. A editora publicou O jovem caçador e a velha dentuça (2016) e A triste história de Barcolino, o homem que não sabia morrer (2017). Rabhia recebeu o “Prémio Literário Eduardo Costley-White”, em 2017.

Trecho:

“Nesse dia, o sal, o açúcar e o carvão foram esquecidos, o comboio chegou sem sobressaltos. Nunca se ouvira madrugada mais silenciosa no bairro, sem as ordens das balas na mira dos saqueadores. Desta vez, as ordens eram tacitamente outras, espalhar a notícia: a prostituta mais amada e odiada do Bairro Luís Cabral morreu.”

O autor Lucílio Manjate: https://www.kapulana.com.br/lucilio-manjate/

-.-.-.-.-.-.- 

[2] JAIME BUNDA, AGENTE SECRETO, do angolano PEPETELA: https://www.kapulana.com.br/produto/jaime-bunda-agente-secreto/

Jaime Bunda é membro de uma família tradicional angolana que sempre quis ser detetive. Consegue, por influência de um parente bem relacionado no governo, a vaga de estagiário nos serviços secretos de Angola. Inicialmente não tem muito sucesso na função pelo fato dos colegas não o levarem a sério, não só por ser novato, mas por suas características anatômicas avantajadas. Com o uso de métodos pouco convencionais e aprendidos em livros policiais americanos, finalmente, tem a oportunidade de mostrar sua capacidade de investigação no caso em que a vítima é uma adolescente. Nesse romance policial satírico, Pepetela, ao mesmo tempo em que nos apresenta Jaime Bunda, o James Bond angolano, com humor fino revela as contradições da sociedade do seu país.

Jaime Bunda, Agente Secreto é o 5º  livro de Pepetela que a Kapulana lança no Brasil. A editora publicou O cão e os caluandas (2019), O quase fim do mundo (2019), Sua Excelência, de corpo presente (2020) e O desejo de Kianda (2021).

Trecho:

“Mas foi numa aula de educação física, mais propriamente de vôlei, que surgiu a alcunha. Às tantas, o professor, irritado com a falta de jeito ou de empenho do aluno, gritou:
— Jaime, salta. Salta com a bunda, porra!
A partir daí, ficou Jaime Bunda para toda a escola.”

O autor PEPETELA: https://www.kapulana.com.br/pepetela/

-.-.-.-.-.-.- 

 [3] MUSEU DA REVOLUÇÃO, do moçambicano JOÃO PAULO BORGES COELHO: https://www.kapulana.com.br/produto/museu-da-revolucao/

O protagonista de Museu da Revolução, é um país: Moçambique. Nessa obra de ficção, João Paulo Borges Coelho nos mostra personagens diversas que participam da história de Moçambique. Em uma viagem em uma van – um Hiace antigo – várias pessoas se conhecem e percorrem caminhos em Moçambique à procura de sua história e de sua identidade. Nesse retrato contemporâneo do país africano da África Austral, o leitor não só é convidado a participar de uma viagem no tempo desde os tempos da luta de libertação, mas também a fazer um percurso geográfico por vários outros países que se relacionam com Moçambique de diversas formas.

Museu da Revolução é o livro mais recente de João Paulo Borges Coelho, lançado originalmente em 2021. É o 4º livro de João Paulo Borges Coelho que a Kapulana lança no Brasil. A editora publicou As visitas do Dr. Valdez (2019), Crônica da Rua 513.2 (2020) e Quatro histórias (2021).

Trecho:

“Por vezes o futuro parece estar mesmo ao alcance da mão, mas eis que um vento inesperado o sopra para diante. Reúnem-se então as forças que descobrimos ainda ter, com o fito de reiniciar a perseguição.”

O autor JOÃO PAULO BORGES COELHO: https://www.kapulana.com.br/joao-paulo-borges-coelho/

-.-.-.-.-.-.-

Acompanhe a Kapulana e saiba mais sobre nosso catálogo:

 [04 de abril de 2022]